Programas de Trainees: Vantagens, desvantagens e fatores de sucesso

PROGRAMAS DE TRAINEES

Trainees é um cargo, registrado em Carteira de Trabalho, normalmente ocupado por profissionais com até 26 anos de idade e que tenham até 3 anos de formação acadêmica (inclundo cursos de pós graduação). O cargo de Trainee faz parte de um Programa de Treinamento e Desenvolvimento que tem duração média de 1 a 3 anos. Ao final desse programa o Trainee será promovido a cargos de liderança com remunerações acima da média de sua faixa etária, quando se comparado com as respectivas faixas de mercado.

[jwplayer file=”http://www.sorayagervasio.com.br/videos/trainee-mgtv-20110729.flv” image=”http://sorayagervasio.hospedagemdesites.ws/wp2/wp-content/uploads/2011/08/jpeg-sg-trainees.jpg”]

Link para o video

ALGUMAS DAS PRINCIPAIS VANTAGENS

Para a empresa contratante captação de profissionais com:
•    Excelente formação acadêmica.
•    Muita disposição para aprender.
•    Facilidade para absorver cultura e procedimentos, tendo em vista o seu baixo índice de cristalizações conceituais.
•    Vontade em promover mudanças organizacionais.

Para os TRAINEES:
•    Oportunidade de programas de treinamentos e desenvolvimento para funções gerenciais no curto prazo.
•    Distinção na empresa e no meio social em que está inserido
•    Remuneração mensal de até R$6.000,00 mais benefícios

ALGUMAS DAS PRINCIPAIS DESVANTAGENS

Menos de 80% dos Trainees saem da empresa antes de 2 anos de contratação. Mais de 50% sai antes do primeiro ano.
•    Em alguns processos de seleção há mais promessas efetivas que entregas ao longo da contratação por ambas as partes.
•    Nem todos os Trainees são alocados em áreas de sua vocação.
•    Nem sempre há a designação de um Tutor (Coaching interno) para acompanhar o Trainee.
•    O interesse dos Trainees de promover mudanças na organização é maior que a sua competência técnica e emocional para envolver pessoas.
•    Há forte ambição por melhorias salariais exponenciais no curto prazo.
•    A maioria dos Trainees relata sentir resistência emocional e técnica por parte dos colegas de trabalho, especialmente da parte daqueles que já trabalham há muitas anos na mesma empresa.

ALGUMAS DICAS PARA UM BOM PROGRAMA DE TRAINEES

•    Definir bem o espaço ocupacional (funções, relações hierárquicos, níveis de autonomia e perfil desejado para a função)
•    Oferecer ao Trainee seu Mapeamento de Competências para conhecimento de seu perfil e de seu nível de adequação em relação aos desafios do cargo.
•    Fornecer um tutor com perfil educativo (Coaching interno) para construir com o Trainee um plano de ação dentro de seu programa de desenvolvimento e efetivar o acompanhamento e aconselhamento sistemático.

PERFIL MAIS FREQUENTE DE TRAINEES

•    Profissionais que se formaram em instituições de ensino renomadas e obtiveram bom desempenho nelas
•    Domínio do português e mais 2 línguas
•    Vivência internacional de pelo menos 1 ano
•    Boa maturidade emocional
•    Disposição para aprender e ajudar no desenvolvimento da organização
•    Humildade e generosidade para com todos os colegas.
•    Gentileza e firmeza com os colegas mais resistentes.

CUIDADOS NO PROCESSO DE SELEÇÃO

•    Solicitar diploma original e entrevistar professores e coordenador do curso do candidato
•    Avaliar CV incluindo entrevistas com as empresas citadas
•    Realizar entrevistas, testes projetivos, inventários e dinâmicas de grupo.
•    Convidar as principais figuras de autoridade da empresa para participar do processo de seleção.
•    Preparar a empresa para receber os Trainees.
•    Preparar os Trainees para lidar com os processos de mudança e comportamento organizacional.
•    Esclarecer desde o início os fatores para seu Planejamento de Carreira.

28/07/11
Soraya Gervásio. Consultora de Carreiras e Desenvolvimento Organizacional. Coordenadora de Cursos de Pós Graduação

Leave a Comment

*

*

vinte − nove =

*Required fields Please validate the required fields